Charles Leclerc ganha primeiro GP de F1 da temporada de 2022

@F1

A Ferrari voltou ao topo da classificação ao fazer uma dobradinha no GP de Bahrein por intermédio de Leclerc e Carlos Sainz

Texto de Mário Monteiro

Os carros da F1 alteraram bastante o aspeto, derivado de novos regulamentos que fez aumentar o diâmetro das jantes e introduziu novamente o efeito de solo, de modo a aumentar a velocidade em curva quando um carro segue colado a outro.
Leclerc partiu da pole á frente do campeão do mundo Max Verstappen e do seu companheiro de equipa Carlos Sainz. Quando os semáforos vermelhos se apagaram Leclerc fez um bom arranque e manteve o 1º lugar. Hamilton que partiu do 5º lugar subiu uma posição.
A corrida dos dois primeiros classificados foi sempre ao sprint, mas Leclerc foi sempre um pouco mais rápido do que Max.
A corrida aproximava-se do fim quando um incendio no monolugar de Pierre Gasly fez entrar o safety car até removerem o carro da pista. Faltavam poucas voltas para o final, e os carros voltaram a agrupar-se. Quando o safety car saiu Sainz que seguia em 3º não largou Verstappen, e Hamilton que rodava atrás de Perez também tentava manter-se na corrida pelo 4º lugar.
Sainz pressionava Verstappen, até que a unidade motriz de Max teve uma avaria e forçou-o a abandonar. A Ferrari liderava a prova com os seus dois carros nos dois primeiros lugares.
Hamilton perseguia Perez, que fez um pião devido também a problemas na sua unidade motriz. A Red Bull perdeu os seus dois carros no fim da corrida. Hamilton ficou com o 3º lugar e o seu companheiro de equipa George Russel com o quarto. Kevin Magnussen no seu regresso á F1 devido ao despedimento do russo Mazepin terminou num excelente 5º lugar a bordo de um Haas.
A próxima prova realiza-se na Arábia Saudita dia 27/3
Classificação final:
Charles Leclerc (Ferrari)
Carlos Sainz (Ferrari)
Lewis Hamilton (Mercedes)