Chefe da Ferrari vê punição “excessiva e injusta” a Vettel

Vettel

Maurizio Arrivabene crê que penalização de Sebastian Vettel no Grande Prémio da Grã Bretanha resultou de “burocracia” dos comissários da FIA

Após a festa do pódio, Sebastian Vettel foi de terceiro para quinto no GP do México deste domingo (30) por uma punição. O alemão se movimentou na freada para a curva 4 enquanto se defendia de Daniel Ricciardo e teve dez segundo acrescidos a seu tempo de prova.

Chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene não aceitou bem a sanção.

“Merecemos 100% o pódio”, disse Arrivabene. “Toda a equipe mostrou grande carácter, e os pilotos fizeram um grande trabalho.”

“Infelizmente o resultado foi levado pela burocracia e por uma decisão que considero excessiva e injusta em alguns aspectos.”

Red Bull feliz

Enquanto Arrivabene ficou descontente com o que aconteceu, o chefe da Red Bull Christian Horner disse que não tem dúvidas de que a FIA tomou a decisão certa punindo Vettel.