F1 GP Rússia Lewis Hamilton imabativel

Lewis Hamilton continua a ganhar e a Mercedes conquista Mundial de Construtores

As 53 voltas ao circuito de Sochi perspectivavam um grande espectáculo. Nico Rosbergpartiu na frente e depressa o Safety Car começou a comandar o pelotão, logo à 3ª volta, após acidente de Romain Grojean. À 10ª volta foi a vez de Nico Rosberg ficar pelo caminho, assumindo Lewis Hamilton a liderança.

Carlos Sainz Jr teve um fim-de-semana para esquecer. Após o acidente que o levou ao hospital, os travões do seu Toro Rosso falharam e levaram-no à desistência. Numa corrida estratégica (mais uma) por parte de Sérgio Perez, este viria a perder, momentaneamente, o 3º posto, ultrapassado por Valeri Bottas e Kimi Raikonen. O finlandês da Ferrari estava louco por passar o compatriota e na última volta, tentou ultrapassá-lo de longe, resultando na desistência do homem da Williams e na danificação do seu próprio carro, acabando a corrida em 5º. O colégio de comissários penalizou posteriormente o homem da Ferrari em 30 segundos, acabando em 8º. Destaque para os Mclaren que finalizaram em 9º e 10º, com Jenson Button e Fernando Alonso, respectivamente. O espanhol foi igualmente penalizado e acabou fora dos pontos.

 

Lewis Hamilton venceu e igualou Sebastian Vettel em 42 vitórias na carreira, no dia em que a Mercedes carimbou a vitória no Mundial de Construtores. O britânico lidera a classificação geral individual com 66 pontos de vantagem sobre o seu colega Nico Rosberg. O próximo GP realiza-se daqui a duas semanas, nos USA.