Felix Rosenqvist vence corrida de qualificação para G. P. Macau de Fórmula 3

Corrida empolgante no circuito de Macau, com Felix Rosenqvist a impor-se

Felix Rosenqvist ficou com a vitória da corrida de qualificação do Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 – Grupo Suncity, depois do vencedor da prova, Antonio Giovinazzi, ter sido penalizado pela colisão com Daniel Juncadella.

Rosenqvist, o homem da pole, conseguiu um arranque limpo e vantajoso do seu SJM Theodore Racing by Prema, com Juncadella a enfiar-se atrás dele na corrida para o Lisboa.

Mas na curva, Giovinazzi conseguiu mostrar a sua força a Juncadella, disputando lado-a-lado na corrida para a Curva de S. Francisco, com os carros a tocarem-se.

Juncadella fez pião colidindo nas barreiras, para logo ser atingido por vários dos seus adversários, o que forçou ao safety car.

No reinício da corrida à terceira volta, Giovinazzi aproveitou o cone de aspiração para ultrapassar Rosenqvist e agarrar a liderança antes do Lisboa. O piloto da Carlin conseguiu um grande avanço, com Charles Leclerc na terceira posição.

Atrás do trio principal, à quarta volta, Alexander Sims tirou a quarta posição a Sam MacLeod na corrida para o Lisboa, preparando-se para reduzir o intervalo entre ele o concorrente da frente.

Na frente, o hiato entre Giovinazzi e Rosenqvist ficou em apenas 1 segundo de diferença, antes de um empurrão na última volta os ter colocado ainda mais próximos. Num último esforço, Rosenqvist conseguiu aproximar-se do cone de aspiração de Giovinazzi na corrida para o Lisboa, mas não conseguiu ultrapassá-lo.

Entretanto, um erro cometido por Rosenqvist na Curva Melco, onde ficou trancado, deixou Giovinazzi claramente à frente para agarrar a vitória por 1.9 segundos.

No entanto, Giovinazzi acabou por cair para a 10.ª posição depois do colégio de comissários o ter responsabilizado pelo acidente de Juncadella, entregando a vitória a Rosenqvist.

“Se o Antonio merece a penalidade ou não, eu não sei, mas ele fez uma corrida excelente,” disse Rosenqvist. “Pode não ser a melhor forma de vencer, mas é bom para amanhã”.

Lclerc chegou 0.5 segundos atrás de Rosenqvist depois do incidente da Melco, com Sims a ocupar o último lugar do pódio, à frente de MacLeod e Markus Pommer.