FIFA quer permitir até 5 substituições

FIFA retira do Peru a organização do Campeonato do Mundo Sub-17

 Medida faz parte de plano temporário para evitar lesões

A FIFA quer permitir até cinco substituições, com mais uma em caso de prolongamento, para lidar com a sobrecarga de jogos no regresso das equipas às competições, interrompidas devido à pandemia do novo coronavírus, anunciou hoje o organismo.

A  proposta abre a possibilidade aos organizadores das competições a opção de permitir que as equipas possam efetuar cinco substituições, em vez de três nos 90 minutos de jogo, e uma sexta em eliminatórias que sejam decididas no prolongamento.

A FIFA sugeriu manter a regra das cinco substituições na próxima temporada, que parece começar mais tarde e ser condensada em menos tempo. A alteração também se aplicaria a todos os jogos das seleções nacionais até dezembro de 2021.