Formula 1: GP da Hungria disputa-se à porta fechada

O Grande Prémio da Hungria, em Fórmula 1, previsto para 2 de agosto, em Hungaroring, será realizado à porta fechada

Em causa está o cumprimento da medida do governo húngaro que impede a realização de eventos com mais de 500 pessoas antes de 15 de agosto.

A Fórmula 1 planeia começar a temporada no primeiro fim de semana de julho, com o Grande Prémio da Áustria, seguido do GP da Inglaterra (17 a 19 de julho), ambos sem a presença de público, mas o calendário atualizado ainda não foi revelado.

A 27 de abril, o diretor geral da Fórmula 1, Chase Carey, expressou a confiança de que a época poderia começar no fim de semana de 3 a 5 de julho, na Áustria, e já sugeria que as primeiras corridas “seriam realizadas sem público”.

“Mas esperamos que os espectadores possam fazer parte dos nossos eventos à medida que o calendário avança. Ainda temos que trabalhar alguns procedimentos com as equipas e com nossos parceiros para poder operar em cada país”, disse na altura Chase Carey.

Desde o início da pandemia de covid-19 já foram adiadas ou canceladas 10 das 22 corridas previstas no calendário mundial. A mais recente a ser cancelada foi a prova francesa, prevista para 28 de junho, no circuito de Paul Ricard.