GP da Holanda de F1: nova vitória de Max Verstappen

Foto: @Twitter oficial F1

Mais uma corrida desastrosa da Ferrari

O início da corrida foi normal: Verstappen na frente, perseguido por Leclerc e Sainz. A novidade era que os Mercedes de Hamilton e Russel também estavam com o mesmo andamento da Ferrari e Red Bull.

Russel e Hamilton partiram de pneus médios, e depois mudaram para duros, parecendo ser a estratégia acertada, mas um safety Car á volta 45 hipotecou uma possível vitória de Hamilton, pois todos voltaram a entrar nas boxes e colocaram pneus novos. Verstappen com pneus duros continuou na frente com 12,5s de vantagem sobre Hamilton e Russel que montaram pneus médios.

Na volta 55 novo Safety Car. Verstappen entra nas boxes para montar macios, Hamilton fica na frente da corrida com médios e Russel fica no 3º lugar também com pneus novos macios. Hamilton com pneus usados não consegue resistir a Verstappen, nem a Russel no reinício da corrida. Hamilton estava furioso com a equipa.

O momento caricato deu-se com Carlos Sainz. Sainz entra nas boxes para trocar de pneus, trocam três pneus, e esqueceram-se do pneu traseiro esquerdo. Perdeu uma eternidade na boxe. Incrível a má organização da equipa italiana.

Com esta nova vitória no seu país, Verstappen tem 109 pontos de vantagem sobre o 2º classificado do mundial.

A próxima prova realiza-se no próximo fim de semana em Itália.

Classificação final:

– Max Verstappen (Red Bull)

– George Russel (Mercedes)

– Charles Leclerc (Ferrari)

Texto: Mário Rui Monteiro