GP de Itália de F1: 11ª vitória do ano de Max Verstappen

Foto: @Twiiter oficial F1

A prova terminou com todos os pilotos atrás do Safety Car

O fim da prova foi frustrante para os milhares de adeptos da Ferrari presentes em Monza que queriam uma luta até final entre Verstappen e Charles Leclerc. A 6 voltas do final o McLaren do vencedor de 2021, Daniel Ricciardo parou no circuito e fez entrar o Safety Car. Os comissários do circuito demoraram algum tempo a retirar o carro, e sem motivo aparente a prova terminou em fila indiana, sem lutas finais. Leclerc estava furioso, pois considerava que a pista estava limpa. Mais uma vez a Ferrari foi a grande derrotada, pois perdeu em casa. Leclerc entrou cedo demais para trocar pneus, e Verstappen ficou na frente da corrida até ao fim.

A estrela da corrida, e considerado o “Driver of the Day” foi Nyck de Vries num Williams. Vries substituiu Albon na prova italiana, devido a uma apendicite aguda do piloto. Terminou num excelente 9º lugar batendo o colega Latifi que acabou em 15º lugar.

Com esta prova Verstappen ganhou pela 5ª vez consecutiva esta época e poderá consagrar-se campeão do mundo no próximo Grande Prémio.

A próxima prova realiza-se dia 2 de outubro em Singapura.

Classificação final:

Max Verstappen (Red Bull)

Charles Leclerc (Ferrari)

George Russel (Mercedes)

Texto: Mário Rui Monteiro | @SportonStage