João de Macedo e Alex Botelho nas meias finais do Nazaré challenge 2018

A prova da Nazaré do circuito mundial de ondas gigantes, termina esta sexta feira 

Os portugueses João de Macedo e Alex Botelho estão nas meias-finais na prova da Nazaré do circuito mundial de ondas gigantes, com os outros três portugueses em competição a ficarem pelo caminho na primeira ronda do campeonato.

Na primeira bateria do dia, que arrancou ainda antes das 08:00, qualificaram-se o brasileiro Lucas Chianca (22,31 pontos), seguido dos havaianos Billy Kemper (17,23 pontos) e Nathan Florence (16,91 pontos).

De fora dos lugares de acesso às meias-finais ficaram o italiano Francisco Porcella (14,63 pontos), o norte-americano Greg Long (13,77 pontos) e o português António Silva (8,36 pontos).

A segunda bateria foi dominada pelo havaiano Ian Walsh (24,34 pontos), que vai contar na fase seguinte com a companhia do australiano Russel Bierke (14,86 pontos) e do português João de Macedo (13,84 pontos).

O britânico Tom Lowe (12,16 pontos), o brasileiro Rodrigo Koxa (9,36 pontos) – recordista mundial da maior onda alguma vez surfada, precisamente na Nazaré – e o norte-americano Will Skudin (3,80 pontos) terminam cedo a aventura nas ondas de quase dez metros que hoje batem na Praia do Norte.

Na terceira bateria, o australiano Jamie Mitchell ficou em primeiro (19,57 pontos), seguido do havaiano Kai Lenny (16,83 pontos) e do basco Natxo Gonzalez (16,26 pontos), enquanto o norte-americano Jojo Roper (14,71 pontos), o brasileiro Pedro Calado – penalizado por uma interferência – (14,20 pontos) e o britânico Andrew Cotton (13,73 pontos) perderam o acesso à fase seguinte.

Refira-se que Andrew Cotton, que era um dos substitutos de prevenção para este evento, substituiu o português Hugo Vau no alinhamento.

Na quarta e última bateria, o português Alex Botelho ficou em primeiro lugar (20,37 pontos), seguido do norte-americano Nic Lamb (19,43 pontos) e do sul-africano Grant Baker (18,13 pontos), tendo ficado de fora da corrida o havaiano Makukai Rothman (15,33 pontos), e os portugueses João Guedes (10,16 pontos) e Nic von Rupp (9,70 pontos).

Fonte:LUSA