Miguel Nunes domina a 1ª etapa do Rali Vinho da Madeira

© Site Rali Vinho da Madeira

Miguel Nunes em Skoda Fabia R5 dominou o primeiro de dois dias do Rali Vinho da Madeira

Miguel Nunes tomou a liderança do Rali Vinho da Madeira logo na primeira classificativa do dia e não mais a deixou. O piloto do Skoda Fabia R5 Evo venceu todas as provas especiais da 1ª secção e, apesar de perder terreno para alguns adversários no começo da segunda ronda pelos quatro traçados que eram disputados por duas vezes, acabou o dia a recuperar algum do seu avanço. A sua vantagem cifra-se agora em 9 segundos, o que deixa tudo em aberto para a disputa do segundo dia de competição.

Quem também rodou a maior parte do tempo na segunda posição foi Pedro Paixão que tomou de assalto esse posicionamento na primeira passagem por Palheiro Ferreiro e o conseguiu manter com a conquista de uma vitória e quatro segundos lugares em classificativa entre outros bons resultados. No lugar mais baixo do pódio está Alexandre Camacho que nos primeiros quilómetros acusou a sua falta de rodagem com a viatura que agora tripula mas se redimiu na 2ª secção também depois de ter procedidos a alguns acertos no seu Citroën C3 R5.

Bruno Magalhães, quarto classificado, tem se mostrado o mais veloz no quadro do Campeonato de Portugal de Ralis e foi mesmo o primeiro, na segunda passagem por Campo de Golfe, a quebrar aquela que era a hegemonia de Nunes na tabela dos mais rápidos em prova especial. José Maria Lopez seguem no quinto posto depois de uma etapa em que se queixou sobretudo da falta de conhecimento do terreno e alguma imprecisão das suas notas de andamento em troços cronometrados tão rápidos e a exigir um setup exemplar das viaturas

O sexto é João Silva que, inativo há um ano, acusou alguma falta de ritmo assim como demorou algum tempo a se adaptar à condução do Skoda Fabia R5 Evo, uma viatura muito díspar da que vinha utilizando nos últimos anos. Entre o sétimo e o décimo lugares estão alguns dos habituais animadores do campeonato nacional da modalidade com José Pedro Fontes e Armindo Araújo a se digladiarem pela sétima posição e Ricardo Teodósio e Pedro Meireles a tentarem fugir da última posição no lote dos dez primeiros classificados absolutos.

Texto: Site Rali Vinho da Madeira