Miguel Oliveira abalroado na 1.ª curva abandonou a prova

MotoGp Grande Prémio RedBull de Andaluzia

Texto : Mário Monteiro

Partindo do 5º lugar da grelha ao lado de Valentino Rossi, Miguel Oliveira arrancou mal, tendo chegado ao fim da reta da meta no meio do pelotão. Na primeira curva do circuito, Brad Binder, piloto oficial da KTM e futuro companheiro de equipa de Oliveira, bateu na roda traseira do piloto português. Miguel Oliveira voou da sua mota, batendo violentamente no asfalto. Grande deceção para Miguel Oliveira que tinha pretensões de ficar nos primeiros 5 lugares, ou quem sabe chegar ao pódio, numa corrida muito atribulada. Deceção para Portugal

Na frente só houve luta na primeira curva. Fabio Quartararo foi para a frente e nunca mais deixou a liderança dando um recital de condução, deixando os adversários a 8s no fim da corrida. Com Marc Marquez fora de combate, pois não conseguiu participar no GP deste fim de semana, Quartararo com 2 vitórias nas primeiras 2 corridas, está na frente do campeonato com 50 pontos. Marc Marquez partiu o úmero no fim de semana passado, foi operado na terça-feira, e ainda fez algumas voltas na sua HRC Honda no sábado, mas as dores impediram-no de continuar.

A corrida teve muita emoção, como quase sempre. O principal ponto de interesse foram as lutas de alguns pilotos com Valentino Rossi. Terminou em 3º lugar depois de uma intensa batalha com Vinalles. O companheiro de equipa passou-o na penúltima volta.

Numa prova disputada com muito calor, os abandonos foram muitos, tanto por problemas mecânicos, como por quedas.

O próximo GP será disputado na República Checa de 6 a 9 de agosto.

Classificação do GP da Andaluzia:

Fabio Quartararo (Yamaha)

Maverick Vinalles (Yamaha)

Valentino Rossi (Yamaha)

T. Nakgami (Honda)

Juan Mir (Suzuki)

Mundial de Pilotos

Fabio Quartararo: 50 pontos

Maverick Vinalles: 40 pontos

Andrea Dovizioso: 26 pontos

13- Miguel Oliveira: 8 pontos