SPORTONSTAGE2016-10-05 12-58-26049

Miguel Oliveira de regresso à equipa de Aki Ajo em 2017

O piloto português Miguel Oliveira prepara-se para o regresso à  equipa de Aki Ajo, com a qual foi vice-campeão de Moto3 em 2015.

Miguel Oliveira terá rejeitado um convite de Fausto Gresini para a temporada de 2017 do Moto2, preferindo antes regressar à equipa de Aki Ajo, com a qual foi vice-campeão de Moto3 em 2015.

Na Ajo, que em 2017 irá utilizar pela primeira vez uma Kalex KTM, Oliveira deverá ocupar o lugar deixado vago por Johann Zarco, o atual campeão de Moto2 e líder do mesmo campeonato, que irá correr com a Tech3, no MotoGP.

Oliveira irá ser colega de equipa de Brad Binder, que lidera destacado o Moto3 e, segundo o website alemão Speedweek.com, foi uma óbvia escolha do finlandês Aki Ajo para substituir Tom Lüthi, que inicialmente estava dado como certo na equipa, mas que preferiu desenvolver a KTM de MotoGP ao longo de 2017.

A mesma fonte adianta que o piloto português teve uma proposta para ocupar o lugar de Sam Lowes, que para o ano correrá com uma Aprilia na categoria principal, tendo ao mesmo tempo Gresini acenado ao português com a possibilidade de subir, também ele, ao MotoGP com a sua equipa.

Contudo, Oliveira não aceitou o convite, por estar convencido de que a Ajo lhe poderá dar uma hipótese fiável de subir a curto prazo ao MotoGP, em vez de ter que esperar pelo menos até 2019, para ter uma vaga na KTM, onde Bradley Smith e Pol Espargarò estarão de pedra e cal nos próximos dois anos.

Últimas Reportagens.

P