Miguel Oliveira vence o GP da Tailândia

    Foto: Twitter oficial @motogp

    O Falcão voou para a 2ª vitória esta temporada

    O GP da Tailândia sofreu um atraso devido á intensa chuva que se abateu sobre o circuito. A chuva parou, a pista começou a secar e deu-se início á corrida. As condições mistas eram ideais para Oliveira, que é um dos melhores pilotos do mundo na chuva.

    Miguel Oliveira partiu do 11º lugar, fez um bom arranque e começou volta após volta a ultrapassar os seus adversários até chegar á roda traseira de Jack Miller, outro grande piloto em condições de aderência precárias. A pista começava a secar e Oliveira começou a travar um duelo intenso com Miller. Passou Miller uma vez, e este devolveu-lhe a ultrapassagem. Andou mais umas voltas no segundo lugar, ultrapassou-o e nunca mais perdeu a liderança da prova. Miller bem tentou voltar ao 1º lugar, mas não conseguiu. Mais uma excelente prestação de Miguel Oliveira que dá mais uma vitória á KTM, desta vez de luva branca, pois está de saída da marca austríaca. No fim da prova Miguel, que não escondia a sua satisfação referiu que “gosta mais de vencer em seco, mas que aceitava a vitória de bom grado”.

    O Campeonato do Mundo ficou agora ao rubro nas primeiras posições, pois Quartararo não marcou qualquer ponto, e Bagnaia terminou em 3º lugar. Bagnaia ficou a apenas 2 pontos de Quartararo quando faltam 3 provas para o fim do Campeonato de 2022.

    O próximo GP realiza-se dia 16 de outubro na Austrália.

    Classificação final:

    • Miguel Oliveira (KTM)
    • Jack Miller (Ducati)
    • Francesco Bagnaia (Ducati)

    Texto: Mário Rui Monteiro