Modalidades requerem medidas de apoio extraordinário ao desporto

© Ivo Carvalho | Sport On Stage

FAP, FPB, FPP E FPV enviam à Secretaria de Estado do Desporto preocupações sobre o impacto da pandemia do COVID-19

A Federação de Andebol de Portugal, a Federação Portuguesa de Basquetebol, a Federação de Patinagem de Portugal e a Federação Portuguesa de Voleibol fizeram seguir, esta quarta-feira, uma carta conjunta dirigida ao Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Sr. Dr. João Paulo Rebelo. Na missiva, são elencadas as preocupações das Federações sobre o impacto da pandemia do COVID-19 na sustentabilidade financeira de Federações, Associações e clubes desportivos, colocando assim em causa a sua sobrevivência, com todos os efeitos nefastos que tal situação pode provocar no tecido desportivo português.

Reconhecendo-se que os clubes estão confrontados com uma súbita e imprevisível perda de receitas de bilheteira, das atividades de formação, de patrocínios e outros apoios, mantendo-se todos os seus compromissos de pagamento designadamente de instalações sociais e desportivas, água, energia, seguros e salários. No esquema piramidal da nossa organização desportiva, estas dificuldades virão a recair também sobre as federações desportivas, impondo-se portanto, uma ponderação global das consequências desta pandemia.
Temos todos consciência que, se os clubes não retomarem actividade após toda esta crise, haverá impactos negativos na economia, na saúde e bem-estar das populações, nomeadamente das populações jovens.
Nesta carta, as Federações supracitadas solicitam junto da tutela do Desporto a definição de um quadro de apoio à sobrevivência dos clubes e associações desportivas, semelhante ao disponibilizado para outros agentes económicos, que permita salvaguardar os postos de trabalho de muitos milhares de trabalhadores ligados ao desporto e a continuidade da atividade desportiva de centenas de milhares de jovens, sublinhando a importância da intervenção das federações desportivas num quadro de normalização da nossa vida social e económica, que esperamos venha a ocorrer tão breve quanto possível.
É ainda solicitada ao Secretário de Estado da Juventude e do Desporto uma reunião de emergência (por videoconferência) sobre este e outros assuntos que a relevância do momento justifica.