O Benfica emite nota à comunicação social, onde desmente Vítor Catão

Clube acusa dirigente de proferir declarações “objetivamente falsas e gravemente atentatórias”

O Benfica acaba de emitir uma nota à comunicação social, onde desmente Vítor Catão, que ontem acusou o presidente encarnado de lhe oferecer 200 mil euros, para que o dirigente do São Pedro da Cova colocasse um GPS no automóvel de Pinto da Costa, para que agredisse Francisco J. Marques e para corromper árbitros e alguns jogadores.

Comunicado do SL Benfica :

Durante o dia de ontem, o Sr. Vítor Catão decidiu proferir um conjunto de declarações na CMTV. Independentemente da avaliação que cada cidadão faça dessas declarações, da motivação e contexto das mesmas, elas são objetivamente falsas e gravemente atentatórias da honra e dignidade do Sport Lisboa e Benfica e do seu Presidente, que, por esse motivo, tomarão as providências adequadas à sua defesa.