Assim vai ser o regresso ás pistas do MotoGP

©miguel88oliveira

A contagem decrescente para ver de novo as motos em ação também começou, prevendo-se corridas do MotoGP já em Julho

Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna, empresa que administra MotoGP e Superbike, revelou que a intenção é voltar em julho.

“O problema está nessa situação do Covid-19. Temos certeza de que o programa  será iniciado na Europa, que vai do final de julho a novembro e veremos o que acontece.”

De fato, será em Espanha onde se reatará a competição. E já existe um acordo para Jerez sediar as duas primeiras corridas do Campeonato do Mundo de MotoGP em julho.

PLANO PARA O REGRESSO DO MOTOGP

  • Pelo menos 10 ou 12 corridas
  • 10.000 testes de coronavírus para as 1.600 pessoas que integram a estrutura
  • 40 pessoas por equipe da fábrica de MotoGP; 25 por grupos privados; 20 na Moto2 e 15 na Moto3
  • Não há espectadores nas bancadas
  • É importante fazer uma corrida de Superbike no fim de semana seguinte ao do MotoGP