Elfyn Evans foi o piloto mais rápido no ‘shakedown’ do Rali de Portugal

© Mário Monteiro | Sport On Stage

O piloto da Toyota gastou 3.05,9 minutos na melhor das quatro passagens

O ‘shekadown’ é usado por pilotos e equipas para uma adaptação das afinações ao terreno e não conta para efeitos de classificação.

Ott Tanäk (Hyundai i20), vencedor em 2019, foi o segundo mais rápido, a 0,2 segundos de Evans, enquanto Kalle Rovanpera (Toyota Yaris) foi terceiro, a 0,3 segundos.