SPORTONSTAGE2016-10-05 12-58-26049
Nico Rosberg

Formula 1: Chegou a vez de Nico Rosberg!

O piloto alemão Nico Rosberg (Mercedes) sagrou-se campeão do Mundo pela primeira vez na sua carreira, ao terminar o GP Abu Dhabi (última etapa do Campeonato do Mundo de F1) na 2ª posição.

O circuito de Yas Marina acolheu a 21ª e última prova da temporada de 2016 da Fórmula 1.

Com o título para decidir entre os pilotos da Mercedes, estes dominaram os treinos e a respectiva qualificação com Lewis Hamilton a obter a pole position.

Na corrida de despedida de Felipe Massa e Jenson Button, o compatriota foi o mais forte no arranque. O início de corrida foi “limpo” excepto o toque entre Sergio Perez e Max Verstappen que resultou num peão do holandês que o fez cair para o último lugar da corrida. O jovem prodígio adoptou então a táctica de uma só paragem e recolou na frente, baralhando as contas a Hamilton, Nico Rosberg, Vettel e Ricciardo e Raikkonen.

No final do 1º terço da corrida, Daniil Kvyat terminou a sua prova com problemas mecânicos e, inacreditavelmente, voltou às boxes… de bicicleta. Quem voltaria às boxes seria também Jenson Button que viu a sua o apoio da roda direita na dianteira partir e assim abandonar no seu 305º e último grande prémio da carreira. O britânico campeão do mundo em 2009 recebeu uma das ovações da noite em Abu Dhabi.

Numa clara táctica de retenção do pelotão, Hamilton nunca se distanciou de Rosberg mesmo após a primeira pagarem nas box, procedida da paragem tardia de Mad Max. O inglês da Mercedes precisava que o seu colega de equipa fechasse 4º para conquistar o seu 4º título da carreira.

A 12 voltas do fim, Palmer e Sainz tocaram-se no momento em que Verstappen e Ricciardo faziam as suas dobragens. Nesta altura, o mini comboio formou-se, tal como era desejo de Hamilton. O britânico na frente da corrida, logo seguido de Nico Rosberg, Verstappen e Ricciardo. Umas voltas mais adiantes Vettel viria tornar o final ainda mais empolgante. O alemão ultrapassou Ricciardo e Verstappen e lutou até ao fim para obter o 2º lugar de Rosberg. Nas últimas 5 voltas, Mad Max acusou o desgaste dos pneus e não acompanhou o piloto da Ferrari, tendo assim a táctica de Lewis Hamilton caído por terra. O pódio final ficou completo por Sebastian Vettel, que fez a volta mais rápida da corrida.

Lewis Hamilton somou a 10ª vitória da temporada, tornando-se o piloto a vencer 10 corridas numa temporada sem levar o título de campeão para casa. Esse é atribuído a Nico Rosberg, que ergue o troféu 33 anos após o seu pai tê-lo igualmente feito. O alemão faz jus à estatística de quem vence as quatro primeiras corridas consecutivamente, vence o campeonato e consegue o título após dois anos de domínio do companheiro de equipa. A Mercedes leva para casa 8 dobradinhas, 19 vitórias e o título de construtores. Daniel Ricciardo fechou o pódio do mundial de pilotos.

Nota ainda para a despedida no 9º lugar de Felipe Massa e ainda de Bernie Eclestone, que Nico Rosberg pegou ao colo antes da entrada para o pódio.

Com novas regras, novos monolugares e um novo patrono da modalidade, a Fórmula 1 regressa no último fim-de-semana de Março. Até lá!

Cla # Piloto Equipa Tempo
44 Lewis Hamilton Mercedes 1:38’04.013 
6 Nico Rosberg Mercedes 0.439
5 Sebastian Vettel Ferrari 0.843
33 Max Verstappen Red Bull 1.685
3 Daniel Ricciardo Red Bull 5.315
7 Kimi Raikkonen Ferrari 18.816
27 Nico Hulkenberg Force India 50.114
11 Sergio Perez Force India 58.776
19 Felipe Massa Williams 59.436
10º 14 Fernando Alonso McLaren 59.896

Últimas Reportagens.

P