Max Verstappen ganha o GP do Mónaco e lidera o campeonato do mundo

Leclerc conquistou a pole-position do GP de Mónaco, mas bateu na última volta da qualificação

Texto de Mário Monteiro

O fim de semana foi desastroso para a Mercedes. Bottas abandonou por não terem conseguido tirar uma roda na troca de pneus. Lewis Hamilton depois de ter tido uma péssima prestação na qualificação, terminando em sétimo, nunca conseguiu impor-se na prova preferindo virar-se contra a sua equipa questionando-a sobre a estratégia seguida.
O título de azarado foi para Charles Leclerc. Leclerc conquistou a pole-position do GP de Mónaco, mas bateu na última volta da qualificação. Muitos questionaram sobre o momento do acidente, pois a qualificação terminou naquele momento. Vários pilotos, entre os quais o seu companheiro de equipa Sainz, mostraram-se indignados pelo fim da qualificação. A pole-position no Mónaco é essencial, pois é um circuito em que as ultrapassagens são quase impossíveis. No entanto o acidente devia ter deixado marcas: um problema no eixo esquerdo traseiro impossível de reparar impossibilitou-o de estar á partida. Um balde de água fria para a Ferrari e Leclerc.
Verstappen herdou o 1º lugar de Leclerc e chegou á primeira curva na frente de Bottas. A partir daí nunca mais perdeu a liderança apesar da “tentativa” de ataque de Sainz na parte final da prova. Praticamente só houve alguma emoção de ultrapassagens nas boxes.
O ponto referente á melhor volta foi para Lewis Hamilton, que terminou no 7º lugar.
Classificação final:
Max Versatappen (Red Bull)
Carlos Sainz (Ferrari)
Lando Norris (McLaren)
A próxima prova terá lugar em Azerbaijão dia 6 de Junho.