Miguel Oliveira termina o GP de Itália num espetacular 2º lugar

O próximo GP será disputado novamente na Catalunha daqui a uma semana

Texto de Mário Monteiro

Oliveira partiu do 7º lugar da grelha e chegou ao fim da 1ª curva em terceiro. Um arranque canhão. A partir daí perseguiu sempre Zarco até o conseguir passar. O campeão do mundo Juan Mir fez de tudo para ultrapassar Oliveira, mas não conseguiu. A satisfação de Oliveira no final da prova era evidente. Foi o primeiro pódio de 2021.

Numa prova emotiva para todos os pilotos devido á morte do piloto de Moto 3, o suiço Jason Dupasquir, Fabio Quartararo dominou praticamente a prova toda. Chegou ao primeiro lugar após a queda de Paco Bagnaia na 2ª volta e a partir daí fez uma prova solitária, demonstrando uma superioridade absoluta. Bagnaia caiu e deixou Quartararo isolado na frente do campeonato do mundo. Marc Marquez também caiu no início da prova arrastando com ele Franco Morbidelli. Valentino Rossi fez a sua melhor prova este ano no “seu Grande Prémio”. Partiu de 18º lugar na grelha e terminou em 10º lugar.

O próximo GP será disputado novamente na Catalunha daqui a uma seman.

Classificação do GP de Itália:

– Fabio Quartararo (Yamaha)

– Miguel Oliveira (KTM)

– Juan Mir (Suzuki)