SPORTONSTAGE2016-10-05 12-58-26049
Facebook

Moto GP Austrália: Johann Zarco vence e alcança a primeira vitória da carreira

Miguel Oliveira terminou em 13º, depois de partir do 20º lugar

O GP da Austrália é conhecido pela sua grande espetacularidade e pelas condições climatéricas adversas. O GP teve de ser antecipado um dia por causa da metrologia, pois estavam previstos ventos muito fortes e chuva. Trocaram a prova Sprint pela totalidade do GP, e com razão: a chuva e os ventos fortes impediram da prova Sprint se realizar. A corrida de Moto3 ainda se realizou com muitas quedas, mas a de Moto2 foi interrompida.

Jorge Martin que persegue Bagnaia na classificação do campeonato do mundo destacou-se desde a 1ª volta, abrindo uma vantagem confortável. A escolha de pneus de Martin surpreendeu e quase ninguém acreditava que um pneu macio na traseira durasse até ao fim. A certa altura da prova Bagnaia via esfumar-se a vantagem que tinha no campeonato, pois rodava apenas no 5º lugar e tudo parecia perdido. A cerca de 7 voltas os cerca de 3 segundos de vantagem de Martin começaram a diminuir, mas sem que ninguém prever o que aconteceu na última volta: o pneu degradou-se por completo e foi ultrapassado por Zarco, Bagnaia, Fabio Di Giannantonio e Brad Binder, que rodavam juntos, num final louco. Jorge Martin vai-se lembrar por muito tempo deste erro. Fabio Di Giannantonio sem lugar na MotoGP em 2024 voltou a surpreender com um fantástico 3º lugar.

Johann Zarco era um piloto emocionado no fim da prova, pois terminou muitas vezes no pódio sem nunca ter conseguido atingir o lugar mais alto. Miguel Oliveira experimentou mais umas vezes dificuldades na sua Aprilia.

A próxima prova realiza-se na próxima semana, dia 29/10 na Tailândia.

Classificação final:

– Johann Zarco (Ducati)

– Fabio Di Giannantonio (Ducati)

Texto: Mário Rui Monteiro | SportonStage

Últimas Reportagens.

P